Ao comprar um carro, a escolha do sistema de câmbio é muito importante e precisa ser analisada. Há duas opções: manual ou automático. Qual é a melhor escolha? No texto de hoje vamos te mostrar!

Câmbio automático: Conforto e comodidade

Carros com câmbio automático trazem comodidade, já que a decisão de mudar a marcha é feita automaticamente. O sistema é ativado por um conversor de torque, com funcionamento hidráulico, que envia a força do motor para o câmbio.

Além de ser mais fácil para arrancar, há o conforto em não precisar pisar na embreagem a todo o momento para reduzir e aumentar a marcha, principalmente quando o tráfego está muito lento.

Câmbio manual: Decisão na hora de mudar a marcha

Apesar de o câmbio automático ocupar um espaço cada vez maior no mercado, o câmbio manual ainda está presente na maioria dos carros brasileiros. O grande diferencial dos dois está na hora de mudar a marcha. No manual, o condutor decide através de um sistema com engrenagens, que é acionado por uma alavanca e auxílio da embreagem. O mais comum na alavanca são cinco marchas, mais a ré.

As nomenclaturas das marchas mudam

No câmbio manual, a nomenclatura da marcha possui números de 1ª a 5ª; já no automático a nomenclatura varia para as letras D, P, N, que podem mudar de acordo com o modelo. Por isso, é importante consultar o manual do carro.

Diferença na hora de acionar o pé esquerdo

Diferente do câmbio manual, por não possuir embreagem, o câmbio automático não se aciona com o pé esquerdo. Então é preferível usar somente o pé direito para acelerar e frear, para evitar acidentes.

A manutenção também é diferente

O câmbio automático requer uma manutenção especial, diferente do câmbio manual. É importante sempre trocar o óleo da caixa, já que se pode comprometer os discos de fricção internos. O óleo usado pelo câmbio automático é o lubrificante do tipo ATF.

O consumo do combustível muda

Carros com câmbio automático consomem 15% a mais de combustível, pois executam as trocas de marchas em rotações mais altas do que no câmbio manual. Logo, o conversor de torque consome mais energia do motor do que o câmbio manual.

Diferença na hora de rebocar o carro

Recomenda-se que, na hora de rebocar os carros automáticos, opte por guinchos de plataforma, em que o veículo se posiciona com as rodas paradas sobre o caminhão. Esse cuidado é essencial, já que as rodas responsáveis pela tração podem girar em grandes distâncias, mesmo com o motor desligado, e assim quebrar a caixa automática.

Diferença nos valores

A opção por câmbio automático torna o preço do veículo mais caro do que os que possuem câmbio manual. Então verifique a necessidade e preferência antes de escolher.

Dúvidas na hora de escolher o sistema de câmbio do seu carro novo? Venha pra RB Multimarcas, uma loja com 27 anos de história, mais de 250 carros em estoque, mais de 15 mil carros vendidos e uma equipe qualificada para te ajudar a realizar o sonho do carro novo! Conheça uma de nossas quatro lojas e saia com seu seminovo ou novo. Lojas: Avenida Ivo Silveira, em Florianópolis; Mundocar Mais Shopping e Automotivo Shopping, em São José; e em Urubici.