Você já parou para pensar como são definidos os preços dos automóveis? Ou porque eles desvalorizam tão rápido? Hoje vamos te mostrar como funciona a valorização e desvalorização no mercado de carros usados e seminovos do País.

Por que os carros desvalorizam tanto?

O simples fato de ser retirado da concessionária já basta para que o carro seja desvalorizado. Mas por que isso ocorre? Além de todo ano serem lançados novos carros, inúmeros fatores influenciam na desvalorização dos carros:

  • Ano do veículo: o modelo do automóvel influencia muito no seu preço. Quanto mais velho, menor seu valor.
  • Quilometragem: Em média os carros rodam 20.000 km por ano. Quanto maior sua quilometragem, mais usado ele foi. Assim, quanto mais usado, menor valor ele terá.
  • Conservação: quanto mais conservado, menos reparos serão necessários para revenda, e claro, maior será o valor do carro.
  • Oferta e demanda: um automóvel com pouca demanda no mercado pode até atender suas necessidades, ou te agradar com seu layout diferenciado. Mas cuidado ao adquiri-lo, pois quanto menos for a demanda, menor valor ele terá na hora da revenda.
  • Alterações: na hora de se adquirir um carro, é comum que as pessoas façam algumas alterações no veículo. Mas cuidado! Alterações relativas à maior segurança podem ser bem-vindas na hora da revenda, mas alterações estéticas variam muito de uma pessoa para outra. A segunda opção pode trazer uma grande desvalorização para o seu carro quando for vender.

Como agregar valor ao seu carro

Apesar de toda essa desvalorização que ocorre com os carros, você pode sim agregar valor ao seu veículo na hora da venda. Confira algumas dicas:

  • Mantenha a configuração original: conforme já falamos aqui, alterações nos veículos podem ser uma grande desvantagem na hora de trocar o seu carro usado. Isso porque as pessoas não confiam em carros muito modificados, eles passam a impressão de descaso. Então procure sempre manter as peças originais de fábrica.
  • Mantenha o carro limpo: muitas pessoas não se preocupam com a apresentação do veículo quando resolvem colocá-lo à venda. Mas esse descaso faz o possível comprador se perguntar se o dono também não tinha cuidados básicos de manutenção com o carro, por exemplo.
  • Guarde os comprovantes de manutenção: eles vão provar que você cuidou bem do seu carro e que ele está em boas condições de venda.
  • Guarde a chave reserva e o manual: são itens de grande relevância, porque mostram que o dono tem cuidado com o carro.
  • Invista sempre em carros com cores básicas: cores muito chamativas podem atrapalhar sua venda no futuro por serem mais difíceis de agradar outros consumidores.
  • Mantenha a documentação em dia: além de facilitar a venda, ela garante que o comprador não terá dor de cabeça com multas ou taxas em atraso, por exemplo.

Agora que você já sabe os principais motivos da desvalorização dos carros usados, fique atento e conserve o seu! Se estiver pensando em trocar de carro, venha para a RB Multimarcas! Temos ótimas condições para você que quer dar o seu usado como entrada e uma equipe qualificada para te atender. Venha para uma de nossas lojas: Avenida Ivo Silveira, em Florianópolis, Mundocar Mais Shopping e Automotivo Shopping, em São José, e em Urubici.