A suspensão é um sistema formado por diversos componentes, incluindo os amortecedores,  braços, barra estabilizadora, pivôs, entre outros. Ela está entre as partes mais importantes de um veículo, e é exatamente por isso que é preciso saber identificar e resolver problemas na suspensão.

Neste texto que a RB Multimarcas preparou para você hoje, nós falaremos um pouco mais sobre problemas na suspensão e mostraremos 5 sinais que indicam a existência destas situações que podem ser prejudiciais a você e a seu veículo. Continue a leitura e confira!

 

5 sinais de problemas na suspensão

 

1. Muitos barulhos anormais

Ouvir muitos barulhos altos e fora do comum é o primeiro sinal da existência de problemas na suspensão de um veículo. Como já citamos, a suspensão se trata de um sistema feito de vários componentes, e é preciso ter todos eles em ordem e funcionando perfeitamente para que complicações não ocorram.

Esses barulhos podem significar que algo está errado em pelo menos algumas das peças, incluindo bieleta, buchas de borracha, terminais axiais e coxins.

 

2. Direção instável

Ainda que um veículo instável também possa ser consequência da falta de alinhamento e balanceamento das rodas, a suspensão defeituosa é uma das principais causas. É comum que balanços bruscos aconteçam quando o amortecedor está desgastado, o que indica que a suspensão deve ser checada.

 

3. Desgaste excessivo dos pneus

O desgaste dos pneus é algo comum; não é à toa que eles ficam carecas e devem passar por uma troca de tempos em tempos. Porém, um desgaste acentuado não deve ser tratado como se fosse normal. Caso a deterioração esteja aparentemente mais rápida, é possível que os amortecedores do veículo estejam com algum defeito.

 

4. Vazamento de óleo

Este é, provavelmente, um dos sinais que podem ser constatados mais facilmente com uma rápida e simples inspeção visual. Isso porque basta que haja um pequeno vestígio de óleo no corpo do amortecedor para que o vazamento seja identificado.

Quando esse vazamento ocorre, o amortecedor perde uma fração do óleo que deveria estar comprimido dentro dele. Isso faz com que ele perca seu funcionamento, afetando todo o sistema de suspensão.

 

5. Molas com danos

Ao contrário do vazamento do óleo, do item anterior, as molas danificadas não costumam ser identificadas com facilidade. Por serem peças silenciosas, elas não farão barulhos caso apresentem algum problema. Para atestar um defeito nas molas, é preciso prestar atenção em alguns detalhes, incluindo ferrugem e pintura desgastada.

Contudo, o maior indicativo de danos nas molas — e, consequentemente, de problemas na suspensão — é a altura do carro. Caso seu veículo perca um pouco de altura, por menor que essa perda seja, é bom ter muito cuidado e levar o carro para uma checagem.

Vale lembrar ainda que quando uma mola quebra, há um grande risco de que ela atinja os pneus com considerável violência, o que pode ser perigoso e até fatal para quem estiver no carro no momento.

 

 

Aprendeu a identificar possíveis problemas na suspensão? Agora ficou mais fácil de garantir a segurança do seu veículo e todos que o usam, não é mesmo? A RB Multimarcas sempre traz textos com diversas dicas relacionadas ao universo automotivo. Se você quer continuar recebendo este tipo de conteúdo, não deixe de seguir nossas redes sociais! Você pode nos encontrar no Facebook e no Instagram.