Todos sabemos que carros são verdadeiros investimentos. Além de permitirem a locomoção e aumentarem a liberdade, é necessário desembolsar um valor considerável para se ter um — o que faz ser muito importante que eles sejam protegidos. É exatamente por este motivo que ter um seguro automotivo é algo indispensável.

Mas, com tantas opções no mercado, qual é o melhor seguro automotivo? Qual deve ser o escolhido e contratado? A verdade é que, assim como acontece com o modelo do veículo, a resposta irá depender de cada caso. Muitas perguntas devem ser feitas, e dicas devem ser seguidas, para que o melhor seja escolhido.

Pensando nisso, a RB Multimarcas preparou um texto dedicado ao assunto. Na sequência, você poderá acompanhar 4 dicas para escolher o melhor seguro automotivo. Com isso, será possível avaliar cada ponto e fazer a escolha mais assertiva para o seu caso.

Continue a leitura e confira!

 

4 dicas para escolher o melhor seguro automotivo

 

1. Defina o que quer ter na cobertura

Quando alguém contrata um seguro automotivo, existem motivos e medos por trás. Qual é a ocorrência que você acha mais provável que venha a acontecer, de acordo com seu uso do veículo? Você precisa estacionar seu carro em locais perigosos com certa frequência? Sua principal preocupação são acidentes?

É importante mapear estes e outros pontos para escolher o melhor seguro veicular. Com eles bem definidos, você sabe quais coberturas são prioridades. Consequentemente, pode contratar o plano que cubra tudo aquilo que achar mais relevante.

 

2. Faça comparações

Há duas coisas que você não deve fazer de jeito nenhum quando for atrás de contratar um seguro automotivo: fechar negócio com o primeiro que consultar ou necessariamente com o mais barato. Na maioria das vezes o barato sai caro; e a forma mais eficiente de encontrar o melhor serviço é comparando vários.

Para tomar uma decisão segura, converse com pelo menos 4 seguradoras diferentes — ou, se possível, até mais. Ao fazer isso, você terá noção de qual é o padrão do mercado e quais propostas são realmente interessantes.

 

3. Avalie a cobertura para terceiros

Caso haja a condição, algo que pode ser interessante é contar também com uma cobertura para terceiros. Afinal, é possível que você se envolva em acidentes com outros automóveis. Se este for o caso, a cobertura para terceiros protege contra diferentes tipos de danos aos outros envolvidos também.

Isso é ainda mais importante quando consideramos que os envolvidos podem ser donos de automóveis mais caros, para os quais o conserto também será muito mais caro se o seguro não tiver este tipo de cobertura.

 

4. Considere o banco do financiamento

Na maioria dos casos, o serviço de seguro automotivo é oferecido por grandes bancos. Um conselho para conseguir coberturas mais interessantes e melhores preços é contratar o seu seguro com o mesmo banco que está financiando seu automóvel.

Desta forma, por estar contando com dois serviços diferentes da mesma empresa, algumas das condições envolvidas costumam ser melhores do que seriam em outros locais. No final das contas, o mais importante é, como já citamos, conhecer várias alternativas e decidir as melhores.

 

Com cada uma dessas dicas, você com certeza terá o necessário para escolher o melhor seguro automotivo. Se tiver gostado do texto e quiser receber mais conteúdo, não deixe de acompanhar a RB Multimarcas no Facebook e no Instagram!