4 problemas na embreagem mais comuns e como resolvê-los

problemas na embreagem

A embreagem é um dos componentes mais importantes de um veículo. Responsável pela ligação entre o volante e a caixa de marchas, é ela que interrompe essa ligação quando a mudança de marcha deve ser realizada. Porém, problemas na embreagem são comuns, e eles podem trazer diversos transtornos — tanto para o carro quanto para o motorista.

Foi pensando na importância de conhecer os problemas na embreagem e saber como lidar com eles que a RB Multimarcas preparou este texto. Através de cada um dos itens abaixo você saberá quais são os problemas na embreagem mais comuns e como solucionar cada um deles e garantir tanto a sua segurança quanto a do seu veículo.

Boa leitura!

 

4 problemas na embreagem e suas soluções

 

1. Pedal rígido

Este é, provavelmente, o problema na embreagem mais comum — e é exatamente por isso que nós o trouxemos como o primeiro da lista. A maioria dos motoristas já sentiu o pedal da sua embreagem subitamente ficar mais duro do que ele sempre foi. Isso normalmente gera certa preocupação, mas você sabe por que isso acontece e como resolver?

A rigidez no pedal da embreagem costuma ser causada por dois motivos distintos: problema com o cabo da embreagem ou empenamento do platô. Quando estamos tratando do cabo, pode ser que ele esteja desgastado ou com pouca lubrificação, o que pode fazer com que a peça quebre. Nesse caso, basta substituí-la e pronto.

Já se estivermos falando de um empenamento do platô, a situação é mais grave. É provável que todo o kit de embreagem precise ser substituído para resolver o problema. Para obter a certeza necessária e não optar pela solução errada, o melhor a se fazer é consultar um mecânico de confiança.

 

2. Embreagem travando

Outro problema que costuma acontecer com certa frequência é quando a embreagem trava ou simplesmente não engata. Além de a situação ser perigosa para o motorista — podendo deixá-lo na mão durante uma manobra mais rápida —, ela também pode causar mais danos a todo o conjunto da embreagem.

Na maioria dos casos, isso é causado por uma desregulagem no rolamento do eixo piloto, bastando simplesmente regulá-lo ou trocá-lo. Contudo, assim como no caso anterior, o mais recomendado é visitar um mecânico. Ele será capaz de dizer se o desgaste não prejudicou outras peças e se, consequentemente, o kit inteiro deverá ser trocado também.

 

3. Ruídos

Ruídos fora do comum quase nunca são um bom sinal, em qualquer que seja o caso. E no assunto embreagem, a regra não é diferente. Ruídos excessivos podem ser um sintoma de desgaste no rolamento. Caso isso aconteça e as devidas providências não sejam tomadas, é possível que até a caixa de câmbio sofra danos, fazendo o prejuízo aumentar muito.

Portanto, se você ouvir sua embreagem fazendo barulhos, vá imediatamente para a oficina mais próxima. Assim como nos problemas anteriores, é provável que a solução seja a troca de todo o kit.

 

4. Embreagem deslizando

Você já passou pela situação de soltar o pedal e a embreagem continuar acionada? Esta é a principal forma de identificar se a sua embreagem está deslizando. Normalmente, isso é uma consequência de um platô que não consegue frear o disco da embreagem, algo que, por sua vez, pode indicar que ele está danificado ou com excesso de óleo.

Seguindo o exemplo dos outros itens, a embreagem deslizando é um problema bem grave, sendo que sua provável solução também é a substituição do kit completo.

 

 

E aí, gostou do conteúdo? É muito importante que você conheça os principais problemas na embreagem para garantir que eles não prejudiquem você e seu carro. Se quiser continuar recebendo textos como este, não deixe de seguir a RB Multimarcas no Facebook e também no Instagram!

Newsletter

Receba nossas novidades e conteúdos por e-mail.

    RB Multimarcas © Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados

    Desenvolvido e Otimizado por WEBi