5 passos para trocar de carro na hora certa

trocar de carro

Está pensando em trocar de carro? Para fazer um bom negócio, é importante saber quando é a hora certa de desapegar e começar a escolher outro veículo. Afinal de contas, muitas questões devem ser levadas em consideração para que esse seja um momento livre de frustrações!

Trocar de carro, muitas vezes é necessário porque o automóvel já não comporta mais as necessidades da família. Em outras vezes, é porque o veículo tem causado muita dor de cabeça com idas e vindas ao mecânico, aumentando muito os gastos.

Seja por qual motivo for, o fato é que em algum momento o desejo de trocar de carro vai aparecer e crescer. E para isso, será importante analisar certos aspectos sobre o assunto. 

Neste artigo, você vai descobrir qual é a hora certa de trocar de carro e como escolher o modelo adequado. Além disso, vai compreender como alinhar o planejamento financeiro e fechar a melhor alternativa para você e sua família.

Como saber qual é o modelo ideal para trocar de carro?

Como um primeiro passo, é interessante analisar e pesquisar qual a validade de um automóvel. Antigamente, por volta dos anos 70 e 80, a durabilidade era bem reduzida, se comparada aos dias de hoje. 

Atualmente, a garantia está estendida e muitas fábricas chegam a entregar três a cinco anos como segurança. Ou seja, atualmente a durabilidade e confiabilidade cresceu bastante. 

O resultado disso é que o mais importante a se atentar são os componentes como pneus, pastilhas de freio e óleo. Enquanto as outras peças vão depender mais do seu uso e de como você cuida do seu automóvel. 

Veja abaixo o passo a passo para na hora de trocar de carro!

1. Comece o planejamento com antecedência

Para que esse seja um momento de tranquilidade e livre de arrependimentos, comece a planejar isso com antecedência. Geralmente, em seis meses – ou até mesmo um ano – você consegue observar a movimentação do mercado e definir quais são as suas prioridades. 

2. Se informe sobre os custos do financiamento e taxas de juros

Para garantir um bom negócio, é importante que você tenha pelo menos 30% do valor do carro para dar entrada. Fique atento ao custo efetivo total da operação, chamado de CET. Ele representa as despesas totais do parcelamento através de uma taxa que abrange as tarifas, juros, impostos, entre outros encargos.

3. Faça todas as revisões necessárias antes de trocar de carro

Para não ter o seu automóvel desvalorizado, é essencial que todas as revisões e manutenções preventivas sejam feitas. Assim, você preserva o seu veículo e garante boas condições na hora da troca, o que resulta numa avaliação feita pelo comprador, ainda mais benéfica para o seu caso.

4. Analise o custo benefício do veículo

Fica atento se o custo do veículo é benéfico para o seu automóvel. Por exemplo, pesquise se as peças e manutenções preventivas são acessíveis para você. Além disso, cheque se o seguro e IPVA estão de acordo, bem como o consumo de combustível.

Muitas vezes, alguns carros podem parecer uma ótima opção por serem baratos, mas podem te causar uma série de preocupações e despesas a médio e longo prazo. Então, não esqueça de colocar tudo na ponta do lápis!

5. Visite a RB Multimarcas

Agora que você já sabe como trocar de carro, é hora de conhecer a RB Multimarcas! Nós disponibilizamos a melhor avaliação na troca do usado e aceitamos o seu automóvel como parte da entrada. 

Há 30 anos no mercado, construindo essa história com você. Não perca tempo e entre em contato agora mesmo. Dê uma olhada no nosso estoque e veja qual das nossas opções se encaixam melhor para você e a sua família.

Newsletter

Receba nossas novidades e conteúdos por e-mail.

    RB Multimarcas © Copyright 2021 - Todos os Direitos Reservados

    Desenvolvido e Otimizado por WEBi

    WhatsApp