A maioria das pessoas, ao comprar seu carro, não abre mão de um acessório considerado indispensável hoje em dia: o ar-condicionado. Mas, ao sair de casa preferem abrir os vidros ao invés de ligar o ar-condicionado “para economizar gasolina”. Mas será que usar o ar condicionado do carro gasta mesmo mais combustível?

Saiba mais sobre esse e outros mitos sobre o ar-condicionado em nosso texto de hoje!

Mitos e verdades sobre o ar-condicionado

– Usar o ar-condicionado do carro gasta mais combustível? Depende! Na cidade, sim! O uso desse acessório vai gerar maior gasto de combustível pelo veículo quando andamos mais devagar. Mas se for na estrada, essa realidade muda. Os vidros abertos a uma velocidade superior a 80 km/h interferem na aerodinâmica do carro. Isso faz com que o carro gaste mais combustível com os vidros abertos do que se estivesse usando o ar-condicionado.

– O ar-condicionado gasta o gás do sistema? Não! Ligar o ar-condicionado não gasta o gás do sistema. E o gás também não precisa ser completado se tudo estiver em dia. Além disso, ele não vicia nem fica velho, podendo durar toda a vida útil do automóvel.

– O ar-condicionado deve ser ligado até mesmo no inverno para evitar o ressecamento das peças? Sim! O acessório deve ser ligado ao menos 10 minutos por semana para garantir a lubrificação do sistema, evitando ressecamento das peças.

– Se o carro estiver parado em lugar muito quente, deve-se abrir os vidros antes de ligar o ar-condicionado? Sim! Se você fechar todo o veículo e ligar o ar-condicionado imediatamente, a troca térmica vai demorar mais. Ou seja, o carro vai demorar mais para esfriar.

– Preciso trocar o óleo do ar com frequência? Não! Da mesma forma que ocorre com o gás, ele pode durar toda a vida útil do carro. Só precisará de troca em caso de manutenção ou vazamento do sistema.

– É verdade que devemos desligar o ar-condicionado e manter somente a ventilação antes de chegar ao destino? Sim! Não é uma obrigação, mas essa prática ajuda a eliminar umidade na tubulação, evitando a proliferação de fungos.

– Em carros com ar automático, a velocidade do ar influencia na temperatura interna? Não! A temperatura interna será aquela programada no painel digital. A velocidade mais alta só fará com que a temperatura seja alcançada mais rapidamente.

– Carros que não saíram de fábrica podem adquirir ar-condicionado depois? Sim! Carros sem o acessório inicialmente podem adquirir um desde que utilizem o mesmo sistema das montadoras.

Vantagens e desvantagens do ar-condicionado

O ar-condicionado é um dos acessórios mais desejados na hora de adquirir um carro. Conheça as vantagens de se ter um:

– O carro é menos desvalorizado na hora da revenda;

– Em dias chuvosos, o ar-condicionado evita que os vidros embacem tirando a visibilidade do condutor;

Aumenta a segurança nas cidades, já que podemos manter os vidros fechados em dias quentes.

Mas como tudo tem dois lados, conheça as desvantagens de se utilizar o ar-condicionado:

– Caso não seja feita a manutenção corretamente, o ar não será filtrado devidamente, podendo causar problemas respiratórios.

– A temperatura do lado de fora sempre será maior que a de dentro do carro. Assim, quem tem tendência a ter dor de garganta, deve evitar o acessório.

Agora que você já sabe o que realmente acontece com o carro quando liga o ar-condicionado, aproveite-o da melhor forma!

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente. E se estiver procurando um carro novo, a RB Multimarcas, conta com um estoque com mais de 250 carros. Temos 27 anos de história, mais de 15 mil carros vendidos e uma equipe qualificada para te ajudar a realizar o sonho do carro novo! Conheça uma de nossas quatro lojas: Avenida Ivo Silveira, em Florianópolis; Mundocar Mais Shopping e Automotivo Shopping, em São José; e em Urubici.