Nunca se falou tanto nos carros elétricos quanto estamos vendo no momento. Isso porque novas gerações destes veículos não param de chegar no mercado, trazendo cada vez mais atributos que contribuem para que eles conquistem seu espaço no mercado.

Mas você já parou para pensar se vale a pena investir nos carros elétricos? Para te ajudar nessa reflexão a RB Multimarcas preparou um texto trazendo os principais pontos positivos e negativos destes veículos. Continue a leitura abaixo e confira!

 

Vantagens dos carros elétricos

 

Fumaça e barulho

A primeira grande vantagem dos carros elétricos — e também a mais perceptível — é a emissão de fumaça e o barulho praticamente inexistentes. Além de contribuir com o meio ambiente, esses fatores também ajudam a fazer o trânsito ser um ambiente um pouco mais tranquilo, visto que a poluição sonora é algo que incomoda muitos condutores.

Vale citar aqui que os carros elétricos também causam uma poluição considerável durante a sua produção — até mais que os convencionais. Porém, ao longo da vida útil do veículo há uma compensação, o que faz com que eles sejam muito mais ecológicos.

 

Km rodado mais barato

São dois os fatores que fazem os carros elétricos terem o km rodado mais barato quando comparados aos convencionais: a eficiência dos motores e o preço da eletricidade. Apenas a capacidade mais alta do motor por si só faz com que o custo por km de um carro elétrico seja um terço do de um veículo movido a gasolina.

Como se isso não fosse suficiente, a eletricidade nos grandes centros urbanos é muito mais barata que o combustível fóssil, fazendo o custo reduzir ainda mais.

 

Desvantagens dos carros elétricos

 

Autonomia baixa

Por outro lado, ainda que os benefícios sejam consideráveis, devemos falar também sobre os pontos negativos. O mais lembrado é a autonomia da bateria, que — mesmo melhorando constantemente a cada novo lançamento no mercado — ainda está longe de atingir o ideal desejado. 

Atualmente, a média de autonomia das baterias disponíveis gira em torno de 300 km. Para se ter uma ideia, ainda não é possível fazer uma viagem de São Paulo até o Rio de Janeiro sem fazer uma parada para recarregar o veículo.

 

Investimento inicial alto

Outro ponto negativo, que faz com que a utilização dos veículos elétricos ainda não tenha crescido tanto, é o preço dos carros. Fazendo uma comparação rápida é possível entender na prática o quão caros eles são.

Nos Estados Unidos, o carro elétrico mais barato disponível custa aproximadamente 24 mil dólares. Este valor é o mesmo que você precisaria para comprar um Honda Civic top de linha.

 

Vale a pena investir?

Agora que você já conhece alguns dos principais pontos de destaque dos carros elétricos, tanto os positivos quanto os negativos, fica mais fácil fazer alguns cálculos e decidir se vale a pena ou não investir neles. 

É seguro dizer que estes modelos são ideais para quem quer economizar a longo prazo e, de quebra, contribuir com o meio ambiente. Porém, é preciso ter um bom poder aquisitivo para fazer o investimento inicial e não ter a pretensão de utilizar o veículo para viagens mais longas.

Para as pessoas que não se encaixam neste grupo os carros a gasolina continuam sendo mais interessantes, pelo menos por enquanto.

 

 

E aí, gostou do texto de hoje? Já conhecia essas características dos carros elétricos? Caso queira continuar aprendendo mais sobre o mundo automotivo, siga a RB Multimarcas no Facebook e no Instagram!